Teologue .
Leia, questione, comente, participe!

A importância de uma boa comunicação cristã - Um tema extremamente relevante para o nosso dia a dia.

1. O que é Comunicação?

Segundo o dicionário Aurélio, a comunicação se refere à prática que se debruça sobre a informação, a sua transmissão, captação e impacto causado por ela. A comunicação é, portanto, a transmissão de informações entre um emissor e um receptor e a percepção de significado entre as pessoas envolvidas nesse processo. Dessa forma, a comunicação tem o poder de vencer barreiras ou de destruir civilizações inteiras – dependendo da forma como ela ocorre.


2. A importância da comunicação na sociedade atual


Tudo gira em torno da comunicação e por meio dela ao longo dos anos ideias são transmitidas, tradições mantidas ou mudadas e a história é contada. No cenário atual isso acontece de forma instantânea, pois o avanço tecnológico possibilitou que mensagens enviadas daqui do Brasil, este blog por exemplo, sejam visualizadas em qualquer parte do mundo – o que era impensável há algumas décadas. É necessário ter em mente que estamos nos comunicando a todo momento, seja no papel de emissor ou receptor, através da leitura, de uma música, um filme, um e-mail, no modo como nos vestimos ou nos portamos, estamos sempre transmitindo ou recebendo uma mensagem que pode alterar o rumo das coisas em nossa vida, no meio em que vivemos ou até mesmo em todo o mundo. Quando estamos no papel de emissor, somos julgados pelo receptor. De uma forma geral, isso acontece por uma soma de fatores, tais como: a forma como a mensagem foi passada (tom de voz, expressão corporal, etc), o estado emocional, a cultura e as convicções (sociais, profissionais, culturais e espirituais) do indivíduo para quem a mensagem é transmitida. Desta forma, é de extrema importância buscarmos a melhor maneira de expor as nossas opiniões e ideias, garantindo que a interpretação esteja de acordo com o proposito pelo qual a comunicação é feita.

3. Como garantir o sucesso da comunicação?

Uma comunicação eficaz pode ser entendida como aquela que transforma e muda a história das pessoas - quando tiver esse propósito. Considerando que cada indivíduo tem suas próprias convicções e é influenciado por toda informação adquirida ao longo da vida, conhecer e entender o receptor da sua mensagem é um dos pontos mais importantes para conseguir obter uma comunicação eficaz (as pessoas não são iguais). E se a comunicação efetuada não alcançar o objetivo esperado, ela provavelmente não foi efetuada da forma correta.

4. A comunicação Cristã

Um dos maiores exemplos de comunicação é a própria história do Cristianismo. Iniciado no Novo Testamento da Bíblia Sagrada, tem mais de 2000 anos e é compartilhado até os dias atuais com bilhões de seguidores – fazendo do Cristianismo a vertente religiosa com o maior número de adeptos no mundo. Jesus Cristo transmitiu seus ensinamentos "apenas" aos seus 12 apóstolos, e esses tiveram como missão compartilhar a mensagem d’Ele até que todos sejam alcançados (Conforme o livro de Marcos - Bíblia Sagrada). Mesmo com a quantidade de percalços e dificuldades enfrentadas pelos primeiros cristãos para comunicar essa boa nova às nações, a religião continua crescendo e em busca desse objetivo. Entretanto, ao contrário da unidade que havia entre os primeiros membros, durante os anos, divergências geraram muitas divisões dentro desse grupo. Consequentemente, hoje temos inúmeras denominações e interpretações das Escrituras, o que nos traz dúvidas e um certo incômodo: a boa notícia do Evangelho de Jesus está sendo transmitida corretamente às pessoas? Elas estão entendendo corretamente o significado dessa notícia? Ao longo dos anos esses princípios têm sido ensinados da mesma maneira em sua essência (não estou questionando os métodos)?

5. O desafio da comunicação cristã contemporânea

O cristianismo que está sendo comunicado atualmente é muito mais triunfalista do que realista, a mensagem da cruz está sendo preterida pela mensagem mercantilista do “seja feliz custe o que custar” e “Deus (servo!) o fará”, algo bem diferente do que foi ensinado inicialmente. A prova disso é o crescimento exponencial da teologia da prosperidade, que na realidade nada mais é do que uma mistura de misticismo e positivismo. Com mensagens focadas no "eu-homem", utilizando as mais avançadas técnicas de comunicação, ganham inúmeros adeptos. Porém, esses ensinamentos não estão de acordo com a mensagem bíblica, transmitindo algo que não está implícito no cristianismo. Pois, no Evangelho não há afirmação de que o cristão esteja livre de sofrimento, que sempre terá dinheiro, saúde e sucesso. Olhando atentamente as Escrituras veremos que todos os grandes homens e mulheres da Bíblia passaram provações, dificuldades e sofrimentos, não teria porque ser diferente para os cristãos de hoje. Eis o desafio dos tempos atuais: comunicar o Evangelho em sua plenitude, sabendo diferenciar (inclusive quando compartilhar) suas convicções e opiniões pessoais (cada um tem a sua) das diretrizes de algo tão importante - pois a religião implica necessariamente na forma de viver das pessoas. Se temos o privilégio de ensinar, temos também a responsabilidade de comunicar pensando no ouvinte, em concordância com o que aprendemos e com o que cristianismo genuíno ensinou ao longo desses 2.000 anos. Conforme o livro de Atos, os que aceitaram os ensinamentos eram unânimes de pensamento e, trabalhando em unidade, a igreja teve um crescimento não apenas quantitativo, mas qualitativo (Atos 2:42-47). Portanto, esse deve ser o objetivo daqueles que almejam o cumprimento da ordenança deixada por Jesus em Marcos 16:16: Indo por todo o mundo e ensinando o evangelho a todos, até os confins da terra. Deus vos abençoe.

Fontes Bibliográficas

SAGRADA, Bíblia. Nova Versão Internacional
SANTOS, Marcelo & PINHEIRO, Jorge. Manual da História e do Pensamento Cristão. São Paulo. Fonte Editoral, 2011.
SILVA, Maria Julia Paes da. Comunicação tem remédio. São Paulo. Loyola, 2006.
A IMPORTÂNCIA DA COMUNICAÇÃO EFICAZ NAS ORGANIZAÇÕES. Instituto Brasileiro de Coaching (visitado em 29/02/16): http://www.ibccoaching.com.br/portal/artigos/importancia-da-comunicacao-eficaz-nas-organizacoes/
O QUE É COMUNICAÇÃO. Portal Educação (visitado em 29/02/16):  http://www.portaleducacao.com.br/cotidiano/artigos/63090/o-que-e#ixzz41ZnLJegf
SIGNIFICADO DE COMUNICAÇÃO. Portal Dicionário Aurélio (visitado em 29/02/16) em http://dicionariodoaurelio.com/comunicacao

João Paulo de Almeida Silva João Paulo de Almeida Silva Author Bacharel em Teologia (formado no ano de 2015 na Faculdade Teológica Batista de São Paulo). Membro da Igreja Evangélica Batista em Perdizes desde 2014.

2 comentários :

  1. Olá João,

    Dando uma espiada aqui novamente... Parabéns por esta temática da comunicação, pois tamanha é sua importância na transmissão em essência dos ensinamentos bíblicos e de Cristo. No entanto, como disse, creio que o crescente discurso da teologia da prosperidade positivista afasta o homem da mensagem inicial cristã. Acredito que na verdade muito se perdeu, visto as homilias da igreja católica e dos sermões dos protestantes, muitas vezes como intuitos meramente sociais e de louvor somente, esquecendo-se dos principais ensinamentos e valores cristãos. O nosso estado laico, permite a total liberdade religiosa, mas como, pensei eu, podemos ter um resguardo da palavra e interpretação bíblica e fugir de comunicação vazias sobre a bíblia? Cheguei a conclusão que não, não é ouvindo os berros do meu quarto das 10 igrejas estão próximas de casa, nem dos meus vizinhos, nem do pastor... em seus 'sermões' de só louvores... Mas, muitas vezes daquele padre, pastor, amigo ou cristão que, de bom grado, procura entender e levar a essência do Evangelho ainda que com suas palavras...Ou ainda, nós mesmos, em um silêncio e contemplação profunda, nos comunicarmos com Deus...

    “Disse, pois, Jesus aos judeus que haviam crido nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos; e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” (João 8:31-32)

    Ai é que está o segrego, boa comunicação mas também a prática...rs

    Abraço, Carlos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlos, saudações!

      Realmente, estamos em uma linha bem tênue sobre esse tema. Ao ponto que a boa comunicação é preponderante para o crescimento de uma igreja saudável e de um cristianismo relevante, infelizmente temos exemplos de pessoas que utilizam o poder (ou a oportunidade) que possuem para transmitir ideologias que divergem das ensinadas por Cristo.

      Por isso creio ser de extrema importância o fortalecimento de um ensino (teoria) e exemplo (prática) relevante e embasado no verdadeiro cristianismo, independente da denominação, para fazer a diferença na sociedade atual. Esse será o tema de um dos próximos textos que publicarei em breve.

      Obrigado pela participação e continue teologando conosco!!!

      Um abraço.

      Excluir

Inscreva-se

Seguidores